COMUNIBLOG

Blog oficial da Comunilog Consulting                                                                                                                                                                                                                                                                            

O Parque escolar, os professores e o Futuro?

 

Quando o Engenheiro José Sócrates, pessoa muito famosa por estes dias, delineou uma estratégia de modernização do parque escolar, com o objectivo de dotar o país de infraestruturas de referência  europeia e mundial.

Até aí na teoria concordamos todos, o pior , a meu ver foi a falta de planeamento que existiu e perspectiva de futuro mal calculada . A festa foi grande com custos brutais, e a fatura irá ser paga pelas gerações futuras, e que obriga a uma reorganização de toda a estrutura educativa. A factura a pagar mensal poderá vir a ser de 113 milhões de euros, para além disso os custos de manutenção são monstruosos, mais uma vez, á boa maneira portuguesa como no euro 2004, foi tudo á grande, mas quem paga a festança, ?

TODOS ?????????

Devido á loucura dos sucessivos governos assistimos hoje a uma reestruturação da educação sem menor respeito pela base de sucesso das mesmas, as pessoas. Os mega agrupamentos, as turmas de 30 alunos, o novo mapa de colocação de professores são medidas que visam apenas a poupança, num dos alicerces de uma sociedade desenvolvida, a EDUCAÇÃO.

São 113 milhões por ano por agora, mas a factura que iremos pagar por esta reestruturação na educação, que visa a teoria da poupança e não das pessoas, irá trazer uma factura ainda mais pesada que irá dar ao país, um atraso inevitável, os resultados vão ser piores, os agentes educativos vão estar menos motivados e será impossível devido às condições impostas, os professores longe das suas famílias e zona de conforto , melhores resultados… Pois é  só colocarem o Sr. Ministro Crato a dar aulas a 30 alunos e ele que veja depois os resultados !!!!!!  Milagres  ? Enfim .

Todos somos a favor da modernização, mas nada substitui as pessoas, o betão é o menos importante, é altura dos responsáveis políticos olharem para a educação como o motor de desenvolvimento para ultrapassarem os momentos menos bons que ai veem. Que nos interessa escolas de capa de revista ? que nos interessa os melhores auditórios ? Que nos interesse as melhores obras de arquitetura? . Isto está a ser substituído pelo mais importante, os professores, os agentes educativos, os alunos, e uma escola desumanizada é uma escola morta, condenada ao fracasso e os 113 milhões irão ser multiplicados inúmeras vezes .

Não poderia deixar aqui um obrigado muito especial a todos os agentes educativos pelo trabalho possível, por continuarem a fazer gerações de portugueses, não parar de sonhar e acreditar que é possível, e conforme o Padre Antonio Vieira diria , “A boa educação é moeda de ouro, em toda parte tem valor.  “

Bem Hajam, Obrigado por Tudo

Advertisements

Os comentários estão fechados.