COMUNIBLOG

Blog oficial da Comunilog Consulting                                                                                                                                                                                                                                                                            


The Telegraph recomenda férias culturais em Portugal

O jornal ‘The Telegraph’ elegeu as cinco melhores regiões de Portugal com interesse cultural para umas férias no ano que aí vem. Museus, arquitetura e atividades para as famílias são alguns dos ingredientes destacados pela publicação.

Seguem aqui as cinco sugestões do jornal britânico:

1. Minho: Uma viagem pelos jardins históricos da região é a primeira sugestão do ‘The Telegraph’. A publicação recomenda uma visita à Casa dos Biscainhos, em Braga, onde será possível observar os jardins do século XVIII, decorados com “fontes elaboradas, estátuas e canteiros de inspiração Árabe”, como se pode ler no artigo.

A publicação também sugere uma visita à cidade-berço. Aqui, para além dos jardins, é possível também visitar o Santuário de Bom Jesus do Monte.

2. Foz Côa: As conhecidas gravuras da região são referidas pela publicação britânica como a sugestão “perfeita” para as férias de Verão, localizadas a cerca de 17 quilómetros do rio. Descobertas no século XX, as gravuras são datadas de 22 a 10 mil anos Antes de Cristo, e estão classificadas como Património Mundial pela UNESCO.

3. Coimbra e Conimbriga: Descobrir a cidade dos estudantes, que tem a universidade mais antiga do país, é a terceira sugestão do ‘The Telegraph’ para conhecer o lado cultural de Portugal.

A publicação refere ainda a Catedral Românica como um dos “tesouros de Coimbra”. A 10 quilómetros da cidade situa-se Conimbriga, um local com as “mais extensas e bem conservadas ruínas romanas de Portugal”, diz o jornal, acresentando ainda uma visita a um museu local, que mostra artigos encontrados após várias escavações arqueológicas feitas no local. Para o descanso, o jornal faz uma referência à Quinta das Lágrimas, construída no século XVIII.

4. Cascais e Sintra: Agora é altura de começar a descer no mapa de Portugal até aos arredores de Lisboa, com uma sugestão de passeio pela cidade de Cascais e pela vila de Sintra. A vila é referida pela publicação como sendo ideal para o Verão, devido ao seu clima fresco, que ocorre “mesmo no calor de Agosto”.

O jornal sugere uma viagem até ao icónico Palácio da Pena, classificado pela publicação como “saída de um conto da Disney”, acrescentando uma paragem por Cascais, até ao Guincho e ao Cabo da Roca, “o ponto mais ocidental da Europa continental”, como é descrito pela publicação.

5. Alentejo: Mais de 130 antas foram encontradas nas planícies da região, juntamente com menires e cromeleques, como por exemplo o Cromeleque dos Almendres, constítuida por 95 rochas elípticas, que se acredita terem sido templos dedicados a cultos solares.

Já em Évora, o ‘The Telegraph’ recomenda uma visita à região do Zambujeiro, onde está o dólmen mais largo do país, com uma entrada com cerca de 14 metros de largura.

Para alojamento, é sugerido o Imani Country House Hotel, a dois minutos do Cromeleque dos Almendres. O espaço é descrito como se o hóspede estivesse numa pequena quinta, onde “os quartos se situam em pátios cheios de lavanda”, incluíndo até “burros a pastar” e uma “piscina que é uma circunferência perfeita”.

Para além destas sugestões, o jornal também disponibliza um pequeno guia, que permite ficar a conhecer melhor o país.

Notícia retirada na integra do site boasnoticias.pt

Anúncios


Seminário – “SUBSTÂNCIAS PERIGOSAS: Amianto”

No âmbito da sua missão de promoção da melhoria das condições de trabalho, o Centro Local da Beira Alta – Guarda da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) em pareceria com a Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico da Guarda, propõem-se realizar um seminário, no dia 5 de dezembro 2014, subordinado ao tema “SUBSTÂNCIAS PERIGOSAS: Amianto”.
Este evento que terá lugar no auditório da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico da Guarda e tem por objetivo global sensibilizar toda a comunidade, nomeadamente, empregadores, trabalhadores e estudantes para a adoção de práticas de trabalho seguro, por forma a contribuir para uma diminuição da sinistralidade laboral e das doenças profissionais, em especial nos trabalhos de remoção de fibrocimento.

Neste sentido, em nome da organização, convidamo-lo a participar e divulgar o referido seminário, de entrada livre, sujeito no entanto a inscrição prévia até 04-12-2014 por limitação de lugares.

As inscrições podem ser realizadas através do link: https://docs.google.com/forms/d/1Bb4j0Hay2BlV5U_Q_mf-0KfIO_moN5urzpY0HI_ihtE/viewform?usp=send_form
ou por e-mail através dos endereços correio eletrónico: carlos.boa@act.gov.pt ou aquino@ipg.pt ou jgregorio@ipg.pt

bhli


Medidas Ativas de Emprego

O CLDS+ «Acreditar é Fundamental», no âmbito do Eixo 1 – Emprego, Formação e Qualificação, e a CERCIG – Cooperativa de Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados da Guarda, inserido na Semana Aberta CERCIG, estão a organizar a ação de divulgação: Medidas Ativas de Emprego.

Esta ação de divulgação irá realizar-se no próximo dia 2 de dezembro de 2014, no Centro de Reabilitação Profissional (CRP) – Quinta da Torre, a partir das 16h30, com entrada gratuita e com o objetivo de divulgar os incentivos à contratação de pessoas com deficiência e incapacidade.

Participe nesta ação!

CONVITE_semana+aberta_JPEG

AD_MAE+SEMANA+ABERTA_JPEG


Testemunho Formando da Pós-Graduação Técnico Superior Higiene e Segurança no Trabalho

irmão
“O que me levou a escolher tirar uma pós-graduação em segurança, higiene e saúde no trabalho, foi a passo a seguir à minha formação em Engenharia civil, são áreas complementares, e no dia-a-dia andam de braço dado.

A verdadeira questão é o que me levou a escolher a Comunilog Consulting? A resposta é simples, sendo uma das grandes empresas do distrito da Guarda, a escolha era óbvia e durante a formação comprovei isso, não só pela qualidade dos serviços, bem como no atendimento.

Gostei muito da formação, muito por causa dos formadores da Empresa, foram notórios os seus conhecimentos neste âmbito, mas também transmissão de experiências pessoais deles da sua actividade profissional, enriqueceu-me a nível de conhecimento, bem como enriquecimento pessoal.

Se aconselharia a Comunilog a outras pessoas? Sim, não só pelas razões que referi anteriormente, assim como pretendo continuar a minha formação com a Comunilog Consulting.”

André Silva


A COMUNILOG CONSULTING LDA encontra-se em fase de recrutamento de formadores com as seguintes características:

CURSO:

FORMAÇÃO NA ÁREA ESPECÍFICA DE SCIE PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS E PLANOS DE 3º E 4º CATEGORIA DE RISCOS (128 HORAS)

PERFIL DO FORMADOR:

1 CCP
2 Uma das seguintes valências:
Ter lecionado em cursos na área de SCIE ministrados por entidades públicas ou privadas ou pela ANPC, somando uma carga horária mínima de 100 (cem) horas;
Ter efectuado projectos ou análise de projectos de SCIE durante um período mínimo de 5 anos, envolvendo edifícios classificáveis nas 3º e 4º categorias de risco;
Ter publicado trabalhos técnicos ou científicos sobre matérias de SCIE.

ZONA:

Guarda

OBSERVAÇÕES:

No CV deve evidenciar a formação adequada nas diversas áreas específicas de SCIE:

  • Reação ao fogo
  • Resistência ao fogo
  • Comportamento ao fogo, isolamento e protecção
  • Evacuação de edifícios
  • Instalações técnicas
  • Controlo de fumo
  • Equipamentos e sistemas de segurança
  • Medidas e autoproteção

Deve ser enviado CCP e Curriculum Vitae devidamente assinado e rubricado pelo próprio em documento original via CTT para:

COMUNILOG CONSULTING LDA
AV CIDADE BEJAR – LT 7 R/C ESQ
6300-534 GUARDA

DATA LIMITE DE RECEÇÃO DE CANDIDATURAS:

19 de maio de 2014


campanha de adopção a Casota

A Academia de Fotografia by Comunilog, através do seu programa de responsabilidade social clique solidário, e movimento associativo já colabora com a associação Guardense de Proteção Animal “A Casota”.Estes animais precisam urgentemente de encontrar uma família que esteja disposta a dar-lhes carinho e estima. Quem estiver interessado em acolher um destes animais, é favor de entrar em contacto com “A Casota” através do número  967 243 606.A Casota também precisa voluntários dispostos a colaborar em tarefas múltiplas relacionadas com o trabalho inerente à atividade que desempenha. Os interessados também poderão contactar a associação através do número mencionado.Saiba mais em: http://acasotaagpa.blogspot.pt/ — em Guarda

Mais fotos em : http://www.facebook.com/pages/Comunilog/118298718241504