COMUNIBLOG

Blog oficial da Comunilog Consulting                                                                                                                                                                                                                                                                            


” Um atum nadava tranquilamente , sem perceber que um golfinho se aproximava e com o intuito de o transformar em jantar! O peixe nadou o mais rápido possível, e quando o golfinho abria a boca para a dentada final, deu um salto tão comprido e alto que acabou por cair na margem. O golfinho que o perseguia caiu também na areia da praia. O atum olhou para o lado e percebeu que o golfinho dava o ultimo suspiro.

– Sei que não vou sobreviver, mas não importa- disse o golfinho agonizante. – Pelo menos sei que o causador da minha morte também morrerá. ”

MORAL DA HISTÓRIA

Sentimo-nos reconfortados quando um concorrente que nos causou perdas também se torna vitima da sua estratégia

in Fábulos de Esopo de alexandre Rangel

golfinho


A víbora e a Raposa

A VÍBORA E A RAPOSA

” Uma raposa que observava o rio numa tarde de sol, sem nada para fazer, avistou algo estranho trazido pela corrente. Era uma cobra venenosa, que descia um rio agarrada a um galho espinhoso.

– Pois é! Cada piloto tem o barco que merece ! – Exclamou a raposa . ”

Moral da História

Como tudo na vida , assistimos sempre que pessoas, sem carácter utilizam sempre métodos menos próprios.